Pais Tóxicos - Livro




Nem tudo são flores no mundo da maternidade.  Ou da paternidade, vá lá.  Sabemos que muito do que somos, da maneira como pensamos ou agimos vem da influência que recebemos dos nossos pais ou daqueles que foram os responsáveis por cuidar de nós na infância e adolescência.  Em alguns casos, os traumas dessas fases só são superados com muita força de vontade e alguma terapia.

Já tenho este livro há alguns anos e me identifiquei em alguns casos aí relatados.  Pais Tóxicos trata de casos de pais que sufocam e atormentam seus filhos, de forma que estes se tornem adultos inseguros e com sérios problemas de baixa auto estima.  A maneira de fazê-lo é muito diversa, dos maus tratos físicos (e aí entram violência física e sexual), a insultos e humilhações.  Muitas vezes esse tratamento é tido como normal, já que o pai ou a mãe também foram tratados da mesma forma, e acabam vendo o mundo por um prisma de ausência de afeto, que é o ponto principal do livro.

Não vou dar uma de psicóloga de botequim, mas eu acho que a vida que a gente recebe às vezes nos dá oportunidades únicas, e se a gente não aprende com os erros dos nossos pais, a tendência é repetí-los com nossos filhos.  E aí, acabamos entrando num círculo vicioso ao nos tornarmos tão tóxicos quanto eles.