Luciana

Sou carioca, meio implicante e um pouquinho metida a organizada.  Gosto muito de leitura e boa música, museus e coisas antigas, mas prefiro viver o hoje.

Gosto de desenhos animados e documentários.  Detesto novelas.

Sempre gostei de artesanato, mas só fui descobrir que tinha algum potencial há uns 3 anos e desde então tenho me embrenhado na arte de reciclar e enfeitar a minha casa e vida.  Tomei coragem para comprar uma máquina de costura depois dos 40 anos e vou fazendo minhas craftices, do meu jeito, no meu tempo.

Não gosto de sair à noite e tenho uma visão um pouco crítica a respeito de vários assuntos, o que às vezes me faz ser uma pessoa bem chata.

Tenho o paladar infantil, não gosto de comida muito temperada com pimenta e vinagre e detesto jiló, berinjela e abacate.  Amo doces e balas de gelatina.

Talvez eu seja uma das poucas mulheres do mundo a preferir uma ferramenta a um par de sapatos.   Adoro lojas de material de construção e decoração, mas tenho uma queda livre por bolsas.  Não tenho paciência com manuais de instruções.  Sou péssima em matemática.

Trabalho em horário integral, o que me força a deixar o filho também em horário integral na escola.  Assim como a maioria das mães modernas, tenho minhas culpas e medos, mas tento não cair na armadilha de suprí-las atendendo aos caprichos do pequeno.

Acho que sou uma mãe meio durona, mas Davi é a criança mais beijada do mundo.

Sou casada com um dos homens mais bondosos do mundo.  Meu parceiro, cúmplice, amigo e um pouco crafteiro também.  Um marido maravilhoso e um pai muito babão.

Neste espaço, coloco minhas impressões sobre a fantástica e doida aventura que se chama maternidade e divido também as coisas que faço e descubro pela vida afora.