Do Túnel do Tempo....

Outro dia eu recebi um e-mail com fotos de coisas de tempos atrás, da minha época, da minha geração.  Acho que  muita gente já viu essas imagens, mas de vez em quando é bom fazer uma viagem aos nossos tempos para relembrar aquilo que achávamos "fantástico" e que na visão de agora parece que se tornaram até ingênuos.

Vamos lá? Algumas imagens estão até bem caídas, mas a nostalgia faz o mesmo efeito.

Melissa Verão


Eu tinha uma Melissa que era cor de Coca-Cola, e tinha também o cheiro do refrigerante.  Havia algumas que também era purpurinadas.  E a moda era usá-las com meias.  Em pleno verão!

Calça US-Top

Não me lembro, mas é bem certo que tive, porque essa calça todo-mundo-tinha!!!

Caixa registradora 

Muitas operadoras de caixa tinham que fazer os cálculos de cabeça, por isso é inacreditável que hoje, com as caixas totalmente informatizadas, ainda tem gente que fica enrolada para dar o troco.

Brinquedos





Eu não fui uma criança que teve muitos brinquedo, mas também  não me interessava muito por quase nada.  Eu gostava era de ler.  Teve uma época em que eu lia muito gibi, e fiquei um tempo obcecada por histórias de lobisomem, vampiros e mortos-vivos.

Esses aí de cima? Passaram longe.

A Coca-Cola



A Coca-Cola inventou uma maneira fácil de viciar as crianças, lançado brinquedinhos como o ioiô e as garrafinhas, por exemplo. Era só juntar sei lá quantas "tampas" de coca-cola e trocar por esses trecos aí. As garrafinhas eram de vidro e as tampas de metal, igual à original e o grande mistério era se o líquido da garrafinha era coca-cola ou não.


Doces e outras Porcarias





Eu nunca perdi meu paladar infantil.  É assim até hoje.  Algumas dessas porqueiras aí já saíram do mercado, depois de um tempo voltaram com outra cara ou desapareceram de vez, como o biscoito dos monstrinhos creck, que mereceram a falência, porque eram bem ruinzinhos. E o Ki-Suco? Em quase todas as casas havia Ki-Suco, pelo simples fato de que não era muito barato comprar refrigerantes.   Detalhe também para os famosos cigarrinhos de chocolate, totalmente impróprios para os dias de hoje (eu apóio!).

Coisas Moderníssimas



 Muita gente diz que o som do vinil ainda é melhor do que o do CD. Talvez seja nostalgia mesmo. Era comum também gravar várias músicas na fita K7 e o melhor gravador era quem fizesse a melhor mixagem.  E quando surgiu o walkman? Uau, quanta tecnologia, ter rádio e toca fitas num mesmo lugar. Agora vou confessar uma coisa: além do Tim Maia, eu também fiz curso de datilografia e hoje posso me gabar por digitar com os 10 dedos, tá!  E o curso era na máquina mecânica, dura, que depois foi substituída pela máquina elétrica da IBM, que depois ficou brigando com a máquina eletrônica da Olivetti!

Teu Passado te Condena




É, até a Madonna usou cabelão cheio e muito batom vermelho.  Era tudo exagerado. No começo dessa década também começou a febre religiosa de fazer ginástica, com a Olívia Newton John cantando "Physical" direto e mandando todo mundo entrar em forma.  E o kichute?  Era sapato de menino, mas algumas meninas também usavam.  Eu usei.

Vai um Som Aí?


Gente, o que eram os Menudos? Eu detestava esses meninos, mas as meninas da escola choravam e gritavam por eles.  Era apaixonada mesmo pelo Boy George e na minha doce ingenuidade, achava que ele se pintava de mulher só para "causar". Tolinha, eu, né.  E essa negona aí com pinta de andróide é a Grace Jones. Essa mulher, além de ser atriz tem uma voz que vocês não fazem ideia!  Ai, as malditas ombreiras.

É claro que tem muito mais coisa, mas quer saber? O que eu mais sinto falta dessa época é dos doces que não existem mais.  Só!