De Antes de Agora - IV

28/04/10

Estamos no fim do 7º dia de internação. Amanhã incrivelmente fará 1 semana dormindo aqui dentro.  Acho que a coisa foi realmente muito braba.

Davi está muito bem, palavras da médica - não sei qual o nome dela, a da manhã.  Porém, a esperança de ter alta hoje obviamente que acabou, pois a médica não retornou com o resultado do raio X, que definiria nossa saída.

Acabamos também de trocar de quarto.  Incrível como esse quarto - 208 - passa bem menos a sensação de claustro, apesar de ser um dos últimos do corredor.

Confesso que já estou bem saturada de ficar no hospital.  Ok, ainda é melhor do que ficar batendo cabeça aqui e ali, afinal, aqui o Davi está sendo acompanhado e tal.  Mas eu estou começando realmente a ficar agoniada.  Por não estar em casa, me sinto numa prisão, me sinto sozinha aqui, por mais que haja TV, telefone.  Quero minha casa,meu filho, meu marido.  Realmente eu não esperava que fosse passar esse tempo todo aqui.

Ok, têm situações bem piores? Sim, mas 1 dia dentro de um hospital é tão diferente de 1 semana, 1 mês, 1, ano, 1 década? Acho que sim, mas, como ainda estou há pouco tempo, talvez não veja diferença alguma.

Temo pelo futuro próximo do meu filho.  Será que ele realmente está bem? Torço por uma criança que venha a ter as complicações comuns de cada etapa da sua vida, mas essa longa estadia me deixou mais preocupada ainda.

Estou realmente cheia de ficar aqui.

A médica até agora não aparece e eu não tenho a menor ideia do estado de saúde do meu filho.


Nota: Lendo hoje essas anotações, vejo que eu estava meio reclamona, sabe.  Talvez porque eu ainda não havia enfrentado as cirurgias de Davi, mas o que me deixava agoniada era não somente a "prisão" da internação, mas as poucas informações sobre o estado de saúde do Davi.

Quando a gente olha para os turbilhões que já passou na vida às vezes percebe que tem uma força que vem não sei de onde, que nos sustenta nesses momentos.  Era tudo muito novo para mim, mas era um novo que me preocupava mais do que me deixava curtir os primeiros meses do Davi, o que me deixava cada vez mais neura....

Essa é a penúltima parte do "diário de bordo" dos primeiros dias de Davi.  As partes I, II e III estão aqui, aqui e aqui.

Semana que vem levaremos Davi para a retirada dos pontos e para fazer mais uma dilatação.  Ainda não vi Davi fazer xixi completamente, porque ele vive de fraldas o tempo todo e esses dias estão um pouco frios para ele andar pelado em casa.  Mas quando isso acontecer, eu venho aqui correndo para contar!