As Coisas Passam...

Não é novidade para ninguém, pelo menos para quem lê esse blog com certa frequência (alguém?), que eu sou meio neura da silva.   Vira e mexe lá estou eu implicando com alguma coisa no Davi, seja uma manchinha ou uma febre ou uma tosse.  Como eu já sou naturalmente meio neura e somado o fato de ter passado pelas experiências que já passei desde a gravidez e seu nascimento, então, as neuras ficam  ainda mais incrementadas.

A tensão do exames de ultrassonografia durante a gravidez deram lugar às consultas pediátricas mensais.  Drª Andréia é uma baita médica, detalhista no úrtimo e talvez por causa dessa sua característica eu, que já sou assustada, ficava mais assustada ainda.  Nada passa despercebido ao seu olhar e se ela achar que alguma coisa está fora dos conformes, é investigação na certa, ou seja, manda logo fazer exames e consultas.  Houve alguns sustos bem cavernosos, que não me sinto à vontade para contar, e que foram devidamente investigados e que, ao final, não passaram de apenas suposições.  Como já falei por aqui, Drª Andréia, ao pedir tal ou qual exame, indica o melhor local e profissional a ser procurado.  Foi assim com a Drª Fátima, da Baby Cor, foi assim com o Dr. Martinelli  na Prontobaby.  Sendo assim, acabamos por formar um círculo de profissionais que se conhecem e que trocam experiências e impressões a respeito da mesma criança.  E eu acho isso ótimo.

Nos 2 primeiros anos de vida, não houve uma só consulta em que não tivéssemos saído sem uma recomendação médica ou clínica, até porque, essa primeira fase da vida da criança é recheada de doencinhas típicas que requerem uma maior atenção.  No caso do Davi, as vacinações no CRIE do Hospital Jesus, o acompanhamento cardíaco na Baby Cor e o tratamento da hipospadia na Prontobaby foram os compromissos que mais tomaram as nossas atenções. Contudo, a cada consulta, exame e cirurgia, testemunhamos sua superação e às vezes nem nos damos conta do quanto já percorremos para chegar ao ponto em que chegamos.

Esta semana fomos à primeira consulta pediátrica do ano, já que a peridicidade agora é de a cada 6 meses.  E depois de mais uma vez virar e desvirar o Davi para todos os lados, Drª Andréia receituou um sabonete e um creme hidratante, já que a pele do guri está seca.  Só.  Davi está pesando 14,200 kg e  "para nooooossa alegria" está com 98 cm de altura.  Pelos seus cálculos, Drª Andréia estima que ele deva medir em torno de 1,80 cm quando chegar à idade adulta, o que me deixa mais tranquila em relação à sua altura, já que essa era a minha implicância do momento.

Um sabonete e um creme hidratante.  E pensar que eu já saí de lá aos prantos, achando que Davi sempre tinha alguma coisa a mais para ser analisada e que alguma coisa estava sempre errada consigo.  Mas em momento algum eu pensei em trocar de profissional porque, apesar do trabalho que dá, ficamos tranquilos por fazermos toda e qualquer investigação que se mostre necessária.   Acho melhor assim, pois não vai ser por falta de exames que iremos sofrer.  

Tenho uma enorme gratidão pela pediatra do Davi, que já me assustou bastante mas que eu sei que tudo foi e é para o bem dele e nosso também e percebo que as algumas coisas que nos fizeram quase perder os cabelos começam a passar. 

Continuaremos com as dilatações do canal da uretra, porém, essa também será outra etapa que irá passar. mas que outras virão, até porque a vida é assim, porém, que possamos aprender que todas elas vêm... e vão.

Mas fico pensando:  e agora, qual será a minha próxima neura???? Aff...