2ª Fase da Vacinação da Poliomielite 2013 e Multivacinação


Atualização de vacinas para menores de 5 anos será de 24 a 30 de agosto

Pais de crianças menores de 5 anos deverão comparecer a postos de saúde, entre 24 e 30 de agosto, munidos com as cadernetas de vacinação.

Neste período, o governo fará a atualização das doses em atraso das 11 vacinas que constam do calendário público de imunizações: BCG (tuberculose), hepatite B, penta (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo B), polio (forma inativada e oral), rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

O dia de mobilização nacional será no dia 24. O público-alvo da campanha é de 14,4 milhões de crianças.

Jarbas Barbosa, secretário de vigilância em saúde do Ministério da Saúde, reforça a importância de a família levar o cartão de vacinação de cada criança. "Quem não tem a caderneta leva a criança, a criança é mais importante que a caderneta", brincou o secretário, durante coletiva hoje.

Em Estados do Norte e do Nordeste e em municípios de outras regiões prioritários para o Brasil Sem Miséria, o governo oferecerá às crianças maiores de seis meses e menores de 5 anos uma dose de vitamina A.

A campanha para a atualização das vacinas é uma estratégia nova. Até 2011, no mês de agosto tradicionalmente ocorria a segunda campanha de vacinação contra a polio. Como o Brasil mudou, em 2012, o esquema vacinal para a polio (incluindo a vacina injetável), passou a utilizar o mês de agosto para realizar a atualização das cadernetas.

Barbosa reforçou a importância de manter o calendário vacinal em dia, principalmente frente aos eventos esportivos de 2014, que provocarão grandes deslocamentos de pessoas para o país.

Atraso na catapora

A previsão do governo era começar a oferecer a vacina contra a catapora (dentro da vacina tetraviral) já na campanha multivacinal. Segundo Barbosa, no entanto, um problema com o laboratório internacional atrasou a entrega. A vacina será ofertada, então, a partir de 1º de setembro nos postos de saúde, fora da campanha de atualização.

A vacina contra a catapora será ofertada a crianças em duas doses, aos 12 meses e aos 4 anos de idade. A primeira dose do esquema continuará sendo com a tríplice viral, ofertada na campanha multivacinal.

Fonte