É Hoje. Ou não!

Eu não me encontro no grupo de supersticiosos.  Não creio que existam bruxas, pelo menos aquelas clássicas medievais, vestidas de preto, com um nariz enorme com uma verruga enorme e cabeluda e que voam em vassouras.  Sei que existem outros tipos de bruxas e bruxos, que vivem de maquinar o mal para os outros, além do que, dizem também que dentro de toda mulher há sim uma bruxinha, boa e má.

É muito interessante essa história de superstição, porque se você perguntar a alguém por quê ela não gosta da sexta-feira 13 é bem provável que não vá ter uma resposta com um mínimo de sentido ou de lógica.  A gente cresce ouvindo que sexta-feira 13 é um dia macabro e ponto.  E eu acho que quem mais sofre nesse dia são alguns gatinhos que, por uma "infelicidade" da natureza, nascem pretos. 

Claro que há, sim, fundamentos  históricos que explicam essa implicância com a data de hoje, e isso vem de lá da Idade Média, uma época cheia de manias, superstições e mistérios que ainda se refletem nos dias de hoje.  É só fazer uma pesquisa básica na Internet e podemos encontrar as origens dessas crenças.  O que muitas vezes não conseguimos é encontrar uma explicação razoável que justifique as superstições ainda hoje.  

Passar por baixo de uma escada, por exemplo, é uma delas, porque dizem que dá azar. Mas que azar? Para mim, o azar é a escada se fechar no exato momento em que eu passar por baixo dela, ou algo ou alguém cair em cima da minha cabeça, e isso bem pode acontecer na quinta, dia 12!  E hoje em dia, com a obrigatoriedade de uso de EPI'S (Equipamentos de Proteção Individual), qual responsável por uma obra vai deixar um funcionário abrir uma escada sem isolar o lugar? Portanto, as chances de se passar por baixo de uma escada, nos dias de hoje, é cada vez menor, mesmo que a força da superstição continue a mesma.

Muitas dessas lendas e superstições já passaram por experimentos científicos e ficou provado que não passam de lendas e superstições, cismas, que colam na nossa cabeça e não saem nunca mais.  Quer ver?  Quem se arrisca a tomar um copo de leite depois que come uma manga? Sim, porque a gente aprendeu que manga com leite mata, não é? Mas mesmo hoje em dia, sabendo que isso não passa de história criada lá na época da escravidão, é raro encontrar uma receita culinária que misture manga e leite, não é? A gente até pode ingerir as duas coisas, desde que não sejam juntas, afinal, para que se arriscar? Mas alguém sabe de pessoas que morreram com essa mistura?

Muitas vezes é até engraçado ter alguma superstição. Outras nem tanto.  Uma vez eu ouvi uma moça dizer que não pendura as blusas lavadas com a gola de cabeça para baixo, porque dá azar ou atrasa a vida, algo assim.  E se ela aprendeu isso com sua mãe, também não deixou de passar para sua filha, que faz exatamente a mesma coisa.  E é aí que eu, implicante, acho que às vezes essa história de superstição é querer carregar pedras sem necessidade, sim, porque existem pessoas que sofrem muito com isso, não somente porque têm medo de alguma consequência sobrenatural, mas também porque não conseguem abrir mão dessa crença.

O que eu sei é que eu nem tive oportunidade de implicar com a sexta-feira 13, porque 13 é o dia do meu aniversário! E quando cai numa sexta-feira eu simplesmente a-d-o-r-o, porque eu consigo provar para mim mesma que pelo menos essa superstição não tem fundamento. E apesar de não gostar de gatos, nesses dias acabo até sentindo um carinho especial por eles, coitadinhos, porque pode até ser que não sejam sacrificados, mas alguns são menosprezados e até maltratados.

Hoje está fazendo um dia lindo, cheio de sol e bem quente. Talvez por causa da agitação da cidade grande muita gente nem se dê conta de que hoje é uma sexta-feira 13, até dar uma topada e torcer o pé, ou bater com o carro, ou ser roubado, ou ser demitido, porque aí tudo acaba tendo um toque de mistério e azar.  As chances de se encontrar algum gato preto até são boas, mas passar por baixo de uma escada está ficando cada vez mais raro.

Quanto a mim, apesar de não ter nenhuma superstição, ainda não provei a mistura de manga com leite.  Mas se tem uma coisa que eu evito é passar por cima de um bueiro, porque do jeito que as coisas estão, isso dá um azar danado, e nem precisa ser uma sexta-feira 13!