Esperar

Davi está com pneumonia. Apresentando febre desde o domingo, na terça-feira sua febre bateu os 39 graus, e aí resolvemos levá-lo ao hospital, porque 3 dias tentando lidar com a febre já era tempo suficiente.  Não sou do tipo de mãe que na primeira febre já sai correndo para o hospital, mas me senti culpada por não tê-lo levado no segundo dia, por exemplo.

Me senti péssima, como quase sempre.  Além do que, da última vez que Davi teve pneumonia, saímos da AMIU direto para a UTI da Prontobaby.  Trauma.  Só que dessa vez a coisa não foi tão feia assim, e agora ele está em casa, à base de antibióticos, corticóide e nebulização.  Mas está bem, nem parece, como em quase todas as vezes em que está doente, porque o moleque é forte!

A pneumonia impediu que Dr. Martinelli fizesse uma outra dilatação do canal da uretra, pois o Dr. Flávio e o Dr. Clodoaldo não concordaram em anestesiá-lo já que ele está usando corticóides.  Portanto, deveremos esperar mais umas 2 semanas para tirar os pontos e fazer a dilatação.

Esperar.  Essa palavra é recorrente nesse processo de hipospadia.  Esperar porque nem sempre as coisas acontecem ou saem como planejadas - sim, eu já falei disso aqui. Esperar, porque o processo é longo e demorado. Esperar e esperar.

Es.pe.rar é também:

1. ter esperança; aguardar com desejo e uma certa confiança de que algo vá se realizar


Continuamos esperando e esperando, e esperar às vezes cansa, mas não temos outra alternativa, a não ser....

Esperar....